Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Atrativos de Exu

Picos:

Pico do Cabeça Redondo
Localização: Serra do Ingá, Distrito Tabocas
Acesso
Ponto de referência: sede do município
Distância: 27 km
Vias de acesso: PE-545 e PE-585
Transporte: Auto passeio/ carro de aluguel
Descrição do atrativo:
No local será construída a capela de Frei Damião e um mirante com infra-estrutura de visitação. De lá, é possível avistar a vila de tabocas e todo o vale do riacho das tabocas e do rio Brígida.

Serras:

Chapada do Araripe
Localização: Exu
Acesso
Ponto de referência
Descrição do atrativo:
Localizada no semi-árido nordestino, a chapada do Araripe possui uma grande importância geológico-morfológica, econômica e social, tendo inclusive seu território definido como uma mesorregião pelo Ministério da Integração Nacional.
A mesorregião da Chapada do Araripe compreende 103 municípios, sendo 25 municípios no estado do Ceará, 18 municípios no estado de Pernambuco e 60 municípios no estado do Piauí. Possuindo uma área total de 76.654,3 km². A Chapada do Araripe divide-se nas seguintes partes:
Topo da chapada - exige cuidados especiais, onde a irrigação não constitui uma solução viável por várias razões. A técnica adotada nesse espaço é “a lavoura seca”, com culturas pouco exigentes ou adaptadas a escassez de água (mandioca, andu, caju, abacaxi, gergelim, urucum etc.).
Zona de escarpa - considerada por lei área de preservação permanente – APP - comporta uma única exploração permitida: a apicultura.
Pé da serra - nesta área estão as nascentes e os minadouros, cacimbas, rios, riachos e boqueirões, propícios a construção de pequenos reservatórios de água. Em suas várzeas e baixos situam-se mais os canaviais, com engenhos de rapadura e aguardente. A região também é produtora de feijão e milho e estão também as maiores fazendas dedicadas à pecuária. Pelo seu clima, pelo potencial hídrico, proximidade dos centros consumidores e por sua malha rodoviária, a zona é também vocacionada para a horticultura e fruticultura. Vale salientar que o forte potencial econômico da chapada é bastante explorado por indústrias que muitas vezes não tomam o cuidado de zelar pelo desenvolvimento sustentável, donde as principais riquezas exploradas são as minas de gesso e calcário, além do extrativismo vegetal.
Fonte: Pesquisa em campo / Ibama

Pedras:

Pedra da Pamonha
Localização: Povoado de Pamonhas
Acesso
Ponto de referência: Sede do município
Distância: 15 km
Vias de acesso
Após 10 km em estrada pavimentada, entrar à direita na estrada do Sítio Pamonha (estrada vicinal).
Transporte: auto passeio, carro de aluguel
Descrição do atrativo:
Grande afloramento rochoso de rocha cristalina, dotado de beleza bastante peculiar, onde se percebe algumas espécies de plantas típicas da caatinga. Tendo grandes blocos de rochas fissuradas em função do tipo de intemperismo físico da região semi-árida, pode-se observar bromeleáceas, como o caruá, e cactáceas como o xique-xique sobre a rocha. No trecho vicinal, no caminho de ida, na margem esquerda, tem-se o sítio do sr. Joaquim, além do casarão que foi morada do cel. Romão Sampaio Filho, ex-prefeito de Exú. Tem-se uma bela ambiência, sobretudo no período chuvoso, quando se tem a presença de alguns espelhos d´água.

Pedra Preta ou Pedra da Princesa
Localização: Sítio Mocambo
Acesso
Ponto de referência: sede do município
Distância: 15 km
Vias de acesso:
PE 122, sentido Exu/ Ouricuri. Após 10km, tomar a estrada vicinal e seguir por 5km. Estradas em bom estado de conservação.
Transporte: Auto passeio/ carro de aluguel
Esportes/ recreação praticados: Alpinismo
Descrição do atrativo:
Sua ambiência é marcada por vários afloramentos rochosos, muitos deles dando origem a algumas grutas, que são utilizadas para a prática de acampamento pela população.
Segundo os moradores locais, a pedra da princesa ou pedra preta é local de aparição de uma princesa encantada, daí a sua denominação. Interessante para a prática de alpinismo, do seu alto tem-se uma bela visão da região.

Reservas florestais/ Estações ecológicas

APA da Chapada do Araripe:
Localização: Exu
Acesso
Ponto de referência
Descrição do atrativo:

Criada pelo decreto n° 148 de 04 de agosto de 1997, está localizada no coração do Nordeste e abrange uma área de 1.063.000 hectares, sendo 47% no estado do Ceará (15 municípios), 36% no estado do Pernambuco (12 municípios) e 17% no estado do Piauí (11 municípios). Possui uma superfície de 1.063.000 hectares e um perímetro de 2.658 km, englobando, em Pernambuco, os municípios de Aararipina, Trindade, Ouricuri, Ipubi, Exu, Santa Cruz, Bodocó, Cedro, Moreilândia, Granito, Serrita. Segundo o decreto, esta unidade foi criada para proteger a fauna e flora, especialmente as espécies ameaçadas de extinção; garantir a conservação de remanescentes de mata aluvial, dos eitos naturais das águas pluviais e das reservas hídricas; garantir a proteção dos sítios cênicos, arqueológicos e paleontológicos do cretáceo inferior, do complexo do Araripe.
Ordenar o turismo ecológico, científico e cultural, e as demais atividades econômicas compatíveis com a conservação ambiental; incentivar as manifestações culturais e contribuir para o resgate da diversidade cultural regional e assegurar a sustentabilidade dos recursos naturais, com ênfase na melhoria da qualidade de vida das populações residentes na APA e no seu entorno são também seus propósitos.
No que se refere à flora, a vegetação é bastante diversificada, apresentando domínios de cerradão (tipo predominante), caatinga e cerrado. Em relação a fauna, é rica em aves, mamíferos, répteis e insetos. na região, foi descoberta uma ave que corre risco de extinção, trata-se do soldadinho-do-araripe.

Fonte: Pesquisa em campo / Ibama

Reservas Florestais/ Estações Ecológicas:

Mata da Fazenda Recanto
Localização: Vila Tabocas
Acesso
Ponto de referência: Sede do município
Distância: 19 km
Vias de acesso
Acesso pela estrada Tabocas
Transporte: auto passeio/ carro de aluguel
Descrição do atrativo:
Perfazendo uma área de 15 hectares de mata, o local está na área próxima a uma antiga propriedade de Luiz Gonzaga, por ele chamada de “meu recanto”. Local bastante privilegiado em função da intensidade dos ventos, a mata é composta por caatinga arbórea, onde encontra-se aroeira, barriguda, anjico, pau d´arco, canafístola, catingueira, umburana, mameleiro, xique-xique, mandacaru, facheiro, entre outros. Tem-se ainda, a presença de alguns animais, entre aves e mamíferos destacam-se: tatu-peba, mocó, veado, jacu, cobras, raposa, guará, guaxinin, zabelê, galo de campina e asa branca, que foi título de uma das músicas mais famosas do rei do baião. A mata também abriga alguns nascedouros, ¨olhos d´água¨, que desaguam no Riacho Tabocas, Rio Brígida e São Francisco.

Santuário Ecológico do Cantarino
Localização: Sopé da Serra do Araripe - fone: 81 9966 7119
Acesso
Ponto de referência
Sede do município
Distância: 8 km
Vias de acesso:
PE-122 (rodovia Asa Branca) sentido Crato. Após 8km deixa-se a rodovia e segue-se por estrada vicinal, em bom estado de conservação.
Transporte: auto passeio/ carro de aluguel
Esportes/ recreação praticados: trecking
Descrição do atrativo:
Situado na base da Serra do Araripe, na verdade trata-se de um resquício de mata, onde há ocorrência de algumas cachoeiras. Citado em letras de músicas de Luiz Gonzaga, é interessante para a prática de turismo ecológico. Segundo a população, nos meses de outubro e novembro, quando o vento cantarino canta (sopra), sobretudo quando se faz escutar na calçada da matriz, é sinal de bom ano para a agricultura.

Outros atrativos naturais:

Desfiladeiro da Serra das Camarinhas
Localização: Chapada do Araripe
Acesso
Ponto de referência: sede do município
Distância: 18 km
Vias de acesso:
PE-122, sentido Exu-Crato. Após 16 km, deixa-se o asfalto e percorre-se mais 1km em estrada não pavimentada e mais 1km de caminhada. Estradas em bom estado de conservação. Transporte auto passeio, carro de aluguel
Esportes/ recreação praticados: trecking
Descrição do atrativo:
Na parte em que é percorrida a pé, há a presença de vegetação rasteira, típica da caatinga. O desfiladeiro é um penhasco com uma bela visão do vale onde existia a antiga cidade de Exu. Existe nesse local uma passagem através de um desfiladeiro, onde só se consegue andar em fileira, devido a ser bastante estreito. Os paredões chegam a medir mais ou menos 8m de altura. Segundo relatos locais, essa passagem (secreta) foi utilizada pelos revolucionários de 1817. Seguindo a passagem por cerca de 2km chega-se ao Exu-velho. A passagem foi construída pelos índios ou escravos e por ela deu-se a colonização do Cariri.

Atrativos Culturais

Igrejas:

Igreja de São João Batista do Araripe
Localização: Vila Araripe
Acesso
Ponto de referência: Sede do município
Distância: 15 km
Vias de acesso:
PE-122 (Rodovia Asa-branca) no sentido Exu-Bodocó. Após 6km, tomar a estrada para Moreilândia e percorrer mais 9km até encontrar o cemitério. Entrar à direita e seguir até o atrativo.
Descrição do atrativo:
Capela centenária, construída em 1868 pelo barão do Exu, com imagens vindas da França. O templo guarda características arquitetônicas do período. A fachada principal, protegida por um adro em alvenaria, tem suas portas de acesso e aberturas ao nível do coro com cercaduras. O frontão apresenta volutas singelas, sendo ladeado por platibandas com pináculos em suas extremidades.

Igreja de São Sebastião e Nossa Senhora da Assunção
Localização: Praça Joaquim Luna, S/N - Tabocas
Acesso
Ponto de referência: Sede do município
Distância: 18 km
Vias de acesso:
Acesso pela estrada vicinal de Tabocas
Transporte: auto passeio/ carro de aluguel
Descrição do atrativo:
Capela votiva construída em 1919 por D. Rufina Alves de Castro em razão de uma peste bubônica que quase dizimou toda a população da Vila Tabocas entre 1910 e 1919. D. Rufina então pediu ao Padre Cícero imagens de São Sebastião para a recém inaugurada capela. Padre Cícero doou as imagens de São Sebastião e Nossa Senhora da Assunção as quais foram levadas em procissão para a capela. A capela é um dos elementos arquitetônicos de destaque no harmonioso conjunto do núcleo sede do distrito de Tabocas.

Igreja do Bom Jesus dos Aflitos
Localização: Praça da Matriz
Acesso
Ponto de referência: atrativo urbano
Descrição do atrativo:
A nova igreja do Bom Jesus dos Aflitos foi construída em princípios do século XX, logo após a transferência de sede da cidade do Exu, antes situada ao pé da serra. O antigo núcleo, hoje conhecido como Exu Velho, desenvolveu-se próximo às encostas da Chapada do Araripe, num lugar paradisíaco, mas afastado das fazendas de gado que prosperavam nas regiões mais planas. Além disso, a erosão foi passando a acumular areia no antigo centro, ameaçando as casas e a própria igreja. A atual igreja é uma edificação que possivelmente passou por diversas intervenções, fazendo com que apresente um redomínio do ecletismo. A fachada principal é marcada por linhas verticais. A porta principal, em maior dimensão, é em arco pleno, já as duas portas que a ladeiam são em verga reta. Possui uma única torre central com elementos vazados para a iluminação e circulação, e o cimo da torre, em formato piramidal, têm pináculos nas extremidades.

Arquitetura Civil/ Conjunto Arquitetônico:

Casa Grande da Fazenda Caiçara
Localização: Fazenda Caiçara
Acesso
Ponto de referência: Sede do município
Distância: 15 km
Vias de acesso:
PE-122 (rodovia Asa Branca), sentido Exu-Bodocó. Após 6km, tomar a estrada vicinal que dá acesso a Moreilândia, percorrendo mais 9km. Em frente ao cemitério, entrar à direita, e seguir até o atrativo.
Transporte: auto passeio/ carro de aluguel
Descrição do atrativo:
A Casa da Caiçara, a mais antiga da região do Araripe, data da primeira metade do século XVIII e foi construída pelo português Leonel Alencar Rêgo, onde viveu com sua família. Nesse casarão nasceu a grande heroína do Ceará, Bárbara Pereira de Alencar, conhecida como a primeira mulher republicana do Brasil e o Barão do Exu, Gualter Martiniano de Alencar Araripe. Atualmente, a casa funciona como museu.

Povoado de Tabocas
Localização: distrito de Tabocas
Acesso
Ponto de referência: sede do município
Distância: 18 km
Vias de acesso:
Acesso pela estrada vicinal de Tabocas
Descrição do atrativo:
A sede do distrito teve sua origem no Tabocas, um antigo engenho do século XIX que produzia aguardente, açúcar mascavo e rapadura. Ruínas de edificações e restos do seu maquinário ainda são avistados no acesso ao atual núcleo da povoação. Hoje o conjunto se distribui harmoniosamente no entorno de duas praças: a Vitor Alencar, e a Joaquim Luna. Nesta praça está a Igreja de São Sebastião e de Nossa Senhora da Assunção, mandada construir pela senhora Rufina Alves de Castro como capela votiva em razão de uma peste que quase dizimou a população local. Este templo concentra as práticas católicas como os terços do mês mariano com ladainhas ainda rezadas em latim, e com a montagem da lapinha em júbilo ao nascimento de Cristo. Entretanto, o casario mais antigo e de maior porte se concentra num largo onde se avista alguns sobrados, como aquele que serviu de depósito e senzala, e a casa da senhora Rufina.

Ruínas:

Casa Grande do Barão de Exú
Localização: Fazenda Gameleira
Acesso
Ponto de referência: Sede do município
Distância: 16 km
Vias de acesso
Seguir pela PE-122, sentido Crato, pavimentada, em bom estado de conservação, por 12km. Tomar estrada vicinal, não pavimentada, em bom estado, por mais 1km.
Transporte: Auto passeio/ carro de aluguel
Descrição do atrativo:
Fazenda sede, antiga moradia de Gualter Martiniano de Alencar Araripe -
Barão de Exu. Conserva-se a casa do engenho, capela e paredes largas, sendo também ali expostos patentes de coronéis da antiga guarda nacional, títulos honoríficos do Barão e da Baronesa, além de outros membros da família Alencar.

Exu-velho
Localização: Fazenda Gameleira, sopé da serra do Araripe
Acesso
Ponto de referência: Sede do município
Distância: 13 km
Vias de acesso:
Seguir pela PE-122, sentido Crato, pavimentada, em bom estado de conservação, por 12km. Tomar estrada vicinal, não pavimentada, em bom estado, por mais 1km.
Transporte: auto passeio/carro de aluguel
Descrição do atrativo:
Paredões, arcos e restos do altar-mor da igreja do Exu-velho, construída com pedras e cal pelos Jesuítas Capuchinhos, no início do século XVIII com mão-de-obra provavelmente indígena.

Museus:

Museu do Gonzagão (Parque Asa Branca)
Localização: rodovia Asa Branca, BR-11, km-37. CEP: 56.230-000
Acesso
Ponto de referência: Atrativo urbano
Descrição do atrativo:
Implantado em 13 de dezembro de 1989, na antiga fazenda de Luiz Gonzaga, hoje Parque Asa Branca, possui um acervo com mais de 300 itens, entre sanfonas e peças do vestuário do artista (gibão, chapéu de couro); o fole de oito baixos que pertenceu a Januário; material iconográfico sobre a família Gonzaga e sobre amigos e parceiros; medalhas; certificados e títulos recebidos; discografia, discos de ouro e prêmios, dentre outras peças.
Horário de visitação: Terça a domingo, das 8h às 12h e das 13h às 17h.
Taxa: R$ 2
Fone: 87 3879 1295

Gastronomia Típica:

Baião-de-dois
Ingrediente principal/ matéria prima: feijão
Classificação: (gastronomia) salgados
Descrição:
Trata-se de um dos mais típicos pratos da culinária sertaneja regional e dependendo do município, é conhecido como baião-de-três, baião-de-dois, rubacão, ou arrubacão. Consiste em feijão de corda (verde ou seco) e arroz, cozidos juntos e misturados com carne de sol ou de charque assada e desfiada e queijo coalho. É servido quente, em panela de barro, acompanhado de paçoca.

Buchada
Ingrediente principal/ matéria prima: carne de bode
Classificação: (gastronomia) salgados
Descrição:
A buchada, um dos mais tradicionais pratos da cozinha sertaneja, consiste numa espécie de cozido, preparado com o bucho de bode ou carneiro, recheado com um picadinho do sangue coagulado, tripas e fígado, refogado com hortelã, limão, alho, cebola e temperos. É acompanhado de pirão feito com o caldo onde foi cozido, arroz branco, vermelho ou mexido.

Galinha de Cabidela
Ingrediente principal/ matéria prima: galinha
Classificação: (gastronomia) salgados
Descrição:
A galinha de cabidela é um dos mais populares e apreciados pratos da cozinha pernambucana. Consiste em galinha temperada e cozida em pedaços no molho preparado com seu sangue fresco e avinagrado. Acompanha arroz branco e farofa de farinha de mandioca ou de cuscuz. É servida também com fava ou feijão de corda, seco ou verde.

Mão-de-vaca
Ingrediente principal/ matéria prima: carne de boi
Classificação: (gastronomia) salgados
Descrição:
Consiste em um cozido preparado com as patas dianteiras da vaca refogadas com temperos. É servida com pirão feito do caldo em que foi cozida.

Munguzá
Ingrediente principal/ matéria prima: milho
Classificação: (gastronomia) doces
Descrição:
Típico do ciclo junino, o mungunzá é preparado com o milho próprio de mungunzá, cozido com água e temperado com leite de coco, açúcar, cravo e erva-doce. É servido quente polvilhado com canela.

Artesãos:

Antonio de Geseir - Antonio Pereira da Silva
Sítio Chapada dos Gomes, CEP: 26230-000
Principal produto: couro

Chico Aprígio - Francisco Lopes Farias
Sítio Chapada dos Gomes, CEP: 26230-000
Principal produto: couro

Danda - Evicleide Ferreira
Sítio São José, CEP: 26230-000
Principal produto: tecido

Decir Araújo
Vila de Viração, CEP: 56230-000
Principal produto: madeira

Do Céu - Maria do Céu da Costa
Rua Tereza Alves de Castreo, 49, CEP: 26230-000
Principal produto: cipó

João Rupemba - João Ferreira
Sítio Maçal, CEP: 26230-000
Principal produto: palha

Maria Zildene Rodrigues da Ccruz
Fazenda Baixa, CEP: 56230-000
Principal produto: tecido

Ninha - Maria Zilda Barros Soares
Rua Tereza Alves de Castro, 62, CEP: 26230-000
Principal produto: tecido

Raimundo Rupemba - Raimundo Izídio
Sítio Planchão. CEP: 26230-000
Principal Produto:palha

Zé Venceslau - José Venceslau da Silva
Sítio Chapada dos Gomes, CEP: 26230-000
Principal produto: couro

Folclore:

Vaquejada

Descrição:
A vaquejada é o folguedo de derrubada do boi. Os participantes, a cavalo, correm em dupla. Um deles tem a função de “puxador”, ou seja, é o encarregado de puxar o rabo do animal para que ele caia no campo de areia; ao outro, o “esteira”, cabe cercar o boi para que ele não fuja e também colaborar para que o “puxador” fique na melhor posição possível. A dupla ganha pontos quando consegue derrubar o boi dentro de uma área de aproximadamente dez metros, marcada por faixas de cal. A conquista é celebrada com o “valeu boi”, gritado pelo locutor. A vaquejada é festa popularíssima no Nordeste e são muitos os parques de vaquejada existentes em Pernambuco.

Grupos Folclóricos:

Caretas de Viração
Vila de Viração, CEP: 26230-000
Principal produto: caretas

Grupo de Reisado da Chapada
Distrito de José Gomes, CEP: 26230-000
Principal produto: reisado

Pastoril e Lapinha da Igreja de São Sebastião
Igreja de São Sebastião, Centro, CEP: 26230-000
Principal produto: pastoril

São Gonçalo de Viração
Vila de Viração, CEP: 26230-000
Principal produto: dança de São Gonçalo

Feiras e Mercados:

Feira Livre de Exu
Local de ocorrência: Praça da Matriz e ruas circunvizinhas
Época/ duração/ periodicidade: Sábado / semanalmente
Descrição do atrativo:
A feira é extremamente diversificada. Além de produtos alimentícios como verduras, cereais, legumes, doces; e mais: plantas, ervas e raízes medicinais; artigos do vestuário masculino, feminino e infantil; assim como calçados. São vendidos também utensílios domésticos em plástico, metal, vidro, barro e louça, e ferramentas para a agricultura. E ainda: objetos decorativos, móveis e até eletrodomésticos. Todos os produtos estão dispostos em mais de cem barracas, alguns tabuleiros e muitas mercadorias dispostas no chão.

Populares/ Bandas musicais

Banda Cabaçal de Tabocas
Vila de Tabocas, CEP: 26230-000
Principal produto: Banda Cabaçal

Banda Cabaçal de Viração
Vila de Viração, CEP: 26230-000
Principal produto: Banda Cabaçal

Rezadeiras/ Benzedeiras:

Chico Batoque - Francisco Oliveira
Vila, CEP: 26230-000

Codó - Raimundo Francelino da Silva
Fazenda Tereza Raquel, S/N, Vila Taboquinha, CEP: 26230-000

Dona Nê - Expedita Plácido da Silva
Rua do Cauzeiro, 83, CEP: 26230-000

Edimilson de Dorinha - Edimilson Silva
Vila de Viração, CEP: 26230-000

Expedita de Dona Bentinha - Expedita Alencar
Sítio Cana Brava, CEP: 26230-000

Helena Isabel
Vila de Viração, CEP: 26230-000

Joaquim Rezador - Joaquim Pereira Cruz
Sítio Cacimbas, Joaquim Pereira Cruz

Laura Rodrigues
Vila de Viração, CEP: 26230-000

Lurdina de Antonio Belo - Maria de Lurdes Belo
Sítio Mmaçal, CEP: 56230-000
Mãe Isaura - Isaura Maria da Conceição
Sítio Beleza, CEP: 26230-000

Maria Mmilindro - Maria do Carmo
Serra do Zé Gomes, CEP: 26230-000

Naide - Maria Naide
Sítio Beleza, Joaquim Pereira Cruz

Naninha Silva
Sítio Melância, CEP: 26230-000

Nena de Raimunda - Maria Helena Plácido
Vila de Tabocas, CEP: 56230-000

Atrativo Ni - Vicência Silva
Vila, CEP: 26230-000

Ruvel da Silva
Vila de Viração, CEP: 26230-000

Socorro de Jeso - Maria do Socorro dos Santos
Sítio Novo Horizonte, S/N, CEP: 26230-000

Socorro de Sabino - Maria do Socorro Araújo Albuquerque
Rua Maria Fontes, 30, CEP: 26230-000

Valdemar Avelino de Souza
Rua Inácio Caetano, S/N, CEP: 26230-000
Vanira Plácido - Ivanira Plácido da Silva
Vila de Viração, CEP: 26230-000

Zé de Preta - José Ferreira
Sítio Maçal, CEP: 56230-000

Eventos Culturais:

Festa da Saudade
Local de ocorrência: Parque Asa Branca
Época/ duração/ periodicidade: Agosto - fim de semana próximo ao dia 2 / 3 dias / anualmente
Descrição do atrativo:
O evento é realizado em homenagem a data de falecimento de Luiz Gonzaga do Nascimento, o rei do baião, 2 de agosto. No primeiro e segundo dia da festa, durante todo o dia, acontece um roteiro de visitação dentro do parque, iniciando-se pelo museu Luiz Gonzaga, em seguida passa-se pelo mausoléu do rei, e por último pela casa do sr. Januário, pai de Gonzagão. Ao anoitecer a animação dos visitantes é embalada com muito forró pé-de-serra. No terceiro e último dia, no período da manhã, tem-se uma missa de ação de graças. E durante o resto do dia há muito forró com banda de pífanos sob um grande pé de juazeiro existente no local.

Festa Viva Gonzagão
Local de ocorrência: Parque Asa branca
Época/ duração/ periodicidade: Dezembro - final de semana próximo ao dia 13 / 3 dias / anualmente.
Descrição do atrativo:
O evento é realizado em comemoração a data de nascimento de Luiz Gonzaga do nascimento, o rei do baião (13.12.1912). Durante os dois dias de festa apresentam-se vários cantores populares do Araripe, como também cantores de fama nacional. Esporadicamente a abertura deste evento é feita através de apresentações teatrais, seguidas de um roteiro de visitação dentro do parque, iniciando-se pelo Museu Luiz Gonzaga, em seguida passa-se pelo mausoléu do rei, e por último pela casa do sr. Januário, seu pai. Ao anoitecer a animação dos visitantes é embalada com muito forró pé-de-serra. A comemoração encerra-se no período da manhã com missa de ação de graças, e banda de pífanos tocando forró sob o pé de juazeiro existente no local.

Praças/ Parques:

Praça de eventos Francisco Miranda Parente
Localização: Centro
Acesso
Ponto de referência
Atrativo urbano
Descrição do atrativo:
A praça é um grande espaço aberto, calçado em cimento e sem arborização, tendo à frente um palco, onde são realizados eventos populares.

Praça João Batista
Localização: Centro
Acesso
Ponto de referência: atrativo urbano
Descrição do atrativo:
Situada no centro da cidade, a praça tem como elemento de destaque a igreja Matriz de Bom Jesus dos Aflitos. É rodeada por árvores de pequeno e médio porte. Possui canteiros em alvenaria, que são circundados por jardins com algumas espécies de plantas ornamentais, a citar: bico de ouro, agave, papoulas, dentre outras. Encontra-se em bom estado de conservação, sendo bastante utilizada pelos moradores.

Praça Luiz Gonzaga
Localização: Rodovia Asa Branca, BR-122. CEP: 56.230-000
Acesso
Ponto de referência: atrativo urbano
Descrição do atrativo:
A Praça Luiz Gonzaga foi construída logo após sua morte, para homenagear o filho ilustre da cidade. Possui formato triangular e canteiros em alvenaria, com cactáceas. No canteiro central, há um busto do artista com sua sanfona e ao lado está escrito a letra de sua mais famosa canção: Asa Branca.

Espaços Culturais:

Espaço Cultural Parque Aza Branca
Localização: Rodovia Aza Branca (Luiz Gonzaga), S/N. CEP: 56.230 - 000
Descrição do atrativo:
O parque Aza Branca funciona como espaço cultural. É formado pelo Museu de Luiz Gonzaga, o mausoléu do artista e pela casa do sr. Januário, seu pai. Encontra-se também uma pousada, lanchonete, palco para eventos e uma lojinha de artesanato. O espaço é responsável pelas grandiosas festas: Viva a Gonzagão, em comemoração a data do seu falecimento, e a da saudade, em homenagem a data do seu falecimento. O local também promove eventos durante o decorrer do ano, e faz parte dos pontos de cultura do programa “Cultura Viva” do Ministério da Cultura.

Ponto de Cultura Aza Branca
Localização: Rodovia Asa Branca, S/N, CEP: 56.230-000
Acesso
Ponto de referência: Atrativo urbano
Descrição do atrativo:
Maior destaque em vigor na política cultural implantada pelo ministério da cultura o “cultura viva” tem nos “pontos de cultura” a sua ação prioritária. Os pontos são selecionados por meio de edital público, priorizando a revitalização de centros culturais constituídos por grupos já existentes, e que desenvolvam projetos comunitários. O ponto de Exu resgata e registra o patrimônio cultural do município, prioritariamente por meio de duas atividades desenvolvidas junto à comunidade: manuseio do couro e aulas de sanfona.
Telefone: 87 38791295



FOTOS